Portuguese: A Pequena Galinha Vermelha (The Little Red Hen)



A PEQUENA GALINHA VERMELHA

Era uma vez uma galinha vermelha que estava procurando comida no pátio e ela encontrou um grão fino e grande de trigo. A princípio ela pensou que iria comê-lo, mas depois teve uma idéia melhor. Ela pensou: "Vou plantar este grão de trigo e crescer mais trigo e depois moer e assar e fazer um pão fino."

Ela mostrou o grão de trigo para os outros animais no pátio e perguntou: "Quem me ajudará a plantar este grão de trigo?"

- Não eu - disse o pato. "Eu prefiro ir nadar."

- Não eu - disse o gato. – “Prefiro provocar o rato."

- Não eu - disse o cão. "É hora da minha soneca."

"Muito bem então", disse a galinha vermelha. "Vou plantá-lo eu mesmo." E ela fez.

Depois de um tempo, o grão de trigo cresceu em um talo verde alto, então ficou amarelo, com muitos, muitos grãos de trigo dourados e grandes no topo da ponta.

"Quem me ajudará a colher este trigo?", perguntou a pequena galinha vermelha.

- Não eu - disse o pato. "Eu prefiro ir mergulhar na lagoa."

- Não eu - disse o gato. - Prefiro provocar os pardais.

- Não eu - disse o cão. "É hora da minha soneca."

"Muito bem então", disse a galinha vermelha. - Vou colher sozinha.

E ela fez, e recolheu um grande cesto cheio de trigo.

"Quem vai me ajudar a levar este trigo para o moinho para ser moído em farinha?", perguntou a galinha vermelha.

- Não eu - disse o pato. "Eu prefiro brincar de pega-pega com os girinos."

"Não eu", disse o gato. – “Prefiro provocar o rato”.

- Não eu - disse o cão. "Estou com sono. Está na hora da minha soneca."

"Muito bem então", disse a galinha vermelha.

"Eu vou levá-lo para o moinho eu mesmo." E ela fez.

Depois que o moinho triturou o trigo em farinha branca e lisa, a pequena galinha vermelha perguntou:

"Quem me ajudará a assar essa farinha em um pão fino?"

"Não eu", disse o pato. "Eu prefiro brincar de esconde-esconde com os gansos."

- Não eu - disse o gato. – “Prefiro provocar os pardais”.

- Não eu - disse o cão. "Eu acredito que é a minha soneca."

"Muito bem então", disse a galinha vermelha.

"Eu vou assar ele mesmo." E ela fez.

Depois que o pão saiu do forno, ficou com uma bela cor marrom dourado e cheirava maravilhosamente quente e delicioso. A pequena galinha vermelha cortou um pedaço grande e colocou-o em seu prato, então ela disse: "Quem vai comer este pão?"

"Eu vou!", disse o pato.

"Eu vou!", disse o gato.

"Eu vou!", disse o cão.
- Não - Disse a pequena galinha vermelha. "Ninguém me ajudou a plantar o grão. Ninguém me ajudou a levá-lo para o moinho. Ninguém me ajudou a assar. Eu vou comer o pão sozinha! "

E ela fez.





Previous Video
Children's Section Rhymes Stories Rhymes and Stories
Next Video